segunda-feira, 20 de abril de 2009

MORTE E SUCO DE LARANJA!

Foto divulgação.

Duração do espetáculo: 60 minutos.

Indicação de faixa etária de platéia para o espetáculo: LIVRE.
Gênero: Transcendental barroca.

Classificação: Dramaturgia do expressionismo, do realismo, do absurdo e barroco.
Sinopse:
É uma história de amor, contada de forma poética. O momento que se passa antes: ELE vê a antiga namorada casar-se e jogar-se de um terraço, ELA é abandonada pelo namorado, acontece o encontro, o começo do relacionamento, as primeiras juras, o delírio em febre, a descoberta da doença, as dúvidas que se apresentam em questionamentos sobre a fé, o amor e o consentimento.
Um amor mostrado de maneira diferenciada e vivenciada, sem medo de falar, de mostrar a grandeza do sentimento e dos sentidos. Contém momento didático sobre a ‘Cardiopatia’.
Apresenta na integra que devemos aproveitar e viver intensamente todos os nossos amores, cada segundo útil de nossas vidas.
Refere-se à morte como símbolo a um estágio de espera a um outro começo, um passo para recomeçar uma vida com a pureza e a inocência que nos transporta ao mundo imortal, o mundo do amor e a uma outra história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente o que achou do texto se foi doseu agrado e ofereça sugestões... Obrigado.