sábado, 9 de maio de 2009

sandalia amarela remenadda com prego.

os agradecimentos, muita gente boa fazendo e assistindo... a familia meurer e a familia machado mais marcão e seu filhote... unindoo anticorpus e artemosfera.
hora da poesia no cochilo no nana nenem...poesia declamada pela Helo Lima.


colocando o povo para dançar son YMCA


YMCA e o povo se solta....



vê as vovozinhas no fervo do YMCA



o desfile







marcha soldado





marchem...marchem...







a figuaraça Renildo Meurer









Marcos, figura amiga.








ele olha e elas olham.... se soubessem oorgulho que sinto de vocês...










Helo e seu malabarismo...












a orquestra-coral... doidera!













ele e sua poesia...











Sininho e seu malabarismo...














atéparecia que a bola pesa uma tonelada...




















Marcos e sua proeza, o malabares...












aí o palhaço Bolinha...Bixiga,billo, ixi chamam de tanta coisa...
















a poesia que fala um pouco da vida de um pedreiro, seus momentos e pensamentos...


















a guerra das bolinhas...





















cena II da guerra...




















alguma coisa acontecia....



















a ante cena da poesia de Natasha Tanner... lúdico e profundo.
























a maestrina Helo Lima





















linda cena...

























nossopúblico se dividia, parte na fila da pressão eparte sentadinho olhando e rindo muito... e aquiparticipando dohip hop sandalia amarela.























Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente o que achou do texto se foi doseu agrado e ofereça sugestões... Obrigado.