sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Simples aprendiz!

Todos nós temos o direito de errar... Pois quem não nunca errou pegue a pedra e seja então o primeiro.
É bom aprender e não ter a vergonha de ser feliz.
Bom mesmo é ser um eterno aprendiz. Viver e viver e viver...
Aprendi que viver não é apenas um certo saber, mas é vivência.
Aprendi que só ser perdoado não é o bastante para ter uma vida constante e em harmonia.
Aprendi que se alguém me machucar é preciso também perdoar, e para que consiga perdoar tenho que exercitar a convivência com a diversidade.
Aprendi que não devo só querer ser amado, pois em alguns casos, é preciso também mudar atos e pensamentos, é preciso amar e saber amar.
Aprendi que quando duas pessoas brigam não quer dizer que elas se odeiem, mas sei que quando duas pessoas não brigam não quer dizer que elas se amam...
Aprendi que nada na vida acontece por acaso e que futuramente vou tentar proteger meus filhos, mas eles vãos ser magoados assim mesmo, porque o mundo é cruel com os puros de coração.
Aprendi que por falta de perfeição muitos tentam se justificar suas escolhas erradas culpando a imperfeição.
Aprendi que a preocupação traz o desespero, que a falta de dinheiro abala a estrutura familiar, agora sei que pode haver o fim sem que haja um começo.
Sei agora o porque falam que duas pessoas não brigam quando uma não quer, e por que foge da raia é chamado de covarde e aprendi que o inimigo é sujo e se esconde em lugares inocentes.
Aprendi que nem tudo aprendi.
Isso eu aprendi a duras penas.
Aprendi que ninguém quer a morte, só desejam saúde e sorte.
Aprendi que nem só de estrelas, desamores e esperanças vivem os poetas, eles vivem em outras profissões devido ao descaso que lhes são conceituados.
Aprendi que Deus deixou uma escolha certa e mesmo que escolha outra Ele vai fazer você sofrer até retornar, por isso aprendi que não existe livre arbítrio, que você vai ser obrigado a sujeitar-se a este caminho pré disposto à sua vida... Aprendi assim que a porta ainda está e sempre estará aberta.
Aprendi que devemos ter a vida que desejamos por mais que ela seja errada.
Aprendi que mesmo que eu chegue a ser um artista plástico reconhecido não chegaria a ter as nuvens como minhas adversárias, as criações delas são divinas.
Aprendi que em meio à circunstância tudo pode acontecer, a fé renova o espírito.
Aprendi que para destruir o mundo é preciso destruir um ao outro e é preciso levantar nação contar nação... (coisa que o USA tem feito com louvor).
Aprendi que quando se diz ‘já sei de tudo’ é marra de quem não tem humildade e perdeu-se na própria soberba...
Aprendi que sou apenas mais uma parte desta máquina gigantesca chamada Terra, nesta enorme fábrica da criação chamada Universo...
Sou apenas mais um:
Um simples aprendiz nesta caminhada de volta ao céu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente o que achou do texto se foi doseu agrado e ofereça sugestões... Obrigado.