sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Manifesto Anti-inclusão





Manifesto Anti-Inclusão parte_1



A Inclusão propõe hierarquia de capacidades.

A Inclusão é incapaz de ver e enxergar.

A Inclusão é incapaz de ouvir e escutar.

A Inclusão é simplesmente incapaz.

A Inclusão pressupõe passividade.

A Inclusão não interage.

A inclusão causa pena

A inclusão é unilateral

A inclusão exclui

A inclusão isola



Manifesto Anti-Inclusão parte_2

colaboração de Lenira Rengel



Arte é conhecimento

Arte é habilidade

Arte é construção

Arte é diálogo

Arte é investigação

Arte é Ação

Arte é troca

Arte é liberdade

Arte é criação

Arte é expressão

Arte tem de toda pessoa

A inclusão quer te normatizar

A inclusão quer te excepcionalizar

A inclusão quer te paralizar

A inclusão quer te desconsiderar

A inclusão quer te desincorporar

A inclusão quer te ignorar

A inclusão quer te especificar

A inclusão quer te deixar só!



Arte e Inclusão estão na contra mão!

O significado das palavras vão além de sua semântica

Trazem em seu traçado gráfico e sonoro pesos e levezas históricas e arraigadas às mais diversas sociopoliticoculturais

O que quero propor aqui é que R-E-P-E-N-S-E-M-O-S

Sobre o significado e a significância que carregam as palavras Arte e Inclusão ou Arte Inclusiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente o que achou do texto se foi doseu agrado e ofereça sugestões... Obrigado.