sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Século XVIII



As novas concepções de pensamento, advindas do Iluminismo, e as correntes artísticas do Barroco e Rococó, marcam fundamentalmente o Século XVIII.

O retrato do momento é o de uma aristocracia que levava uma vida extremamente luxuosa.

A imagem da rainha Maria Antonieta, da França, é extremamente associada a esse período, devido à sua contribuição para mudanças no comportamento e no estilo da época, com suas extravagâncias.

Pode ser considerada a maior influencia cultural da época.
É em função dela que surge a primeira figura de criador de moda.

Rose Bertin era responsável pela criação de seus vestidos e adereços.


De um modo geral copiava-se o que era lançado na Corte de Versalhes:

Maria Antonieta

  • Vestidos amplos, volumosos e pregueados, alguns em forma de saco;
  • Corpetes mais folgados;
  • As panniers e as farthingales na armação das saias;
  • Penteados exuberantes e altíssimos, com enchimentos e elementos decorativos;
  • Maquilhagem empoada e mosquettes;
  • Chapéus enormes e com muitas plumas de animais nobres;

O vestuário masculino tinha a seguinte estrutura:

Inspiração de John Galliano no século XVIII para o Outono Inverno de 2010

  • Casaco (justaucorps) ajustado na cintura;
  • Coletes bordados;
  • Calções extremamente justos;
  • Lenços originados das golas da chemise, muito volumosos, no pescoço;


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente o que achou do texto se foi doseu agrado e ofereça sugestões... Obrigado.