sábado, 20 de outubro de 2012

Brinquedos feitos com garrafa pet


Brinquedos feitos com garrafa pet

A forma das embalagens PET dos refrigerantes é perfeita para construir objetos divertidos para as crianças. É possível criar móbiles, porta-lápis, cofre e jogos. E o melhor: a ideia ajuda a preservar o planeta

Dulla
Móbiles enfeitam e dão um ar alegre e divertido ao ambiente. Experimente fazer esta borboleta com os seus filhos
Foto: Dulla

Móbile, criatividade no ar


É muito fácil fazer esta borboleta-móbile, que traz bastante cor e alegria para o quarto de meninas e meninos. Basta pintar uma garrafa com tinta acrílica, criando os detalhes do corpo e da cabeça, recortar asas em EVA, transformar bolas de isopor em olhos e tampinhas em patas. 
Quer copiar? do ateliê Arte com Reciclagem, de São Paulo, ensina.

Material:
1 garrafa PET do refrigerante Fanta + Tinta acrílica nas cores: laranja, verde, azul-turquesa, preto + Verniz acrílico + Espaguete de plástico branco (3 mm) + Estilete + 2 bolas de isopor nº 40 + 20 cm de fita de tecido xadrez + EVA listrado de 2,5 mm + EVA branco de 2,5 mm + Pincel Condor (474/18) + Canetinha preta ou caneta de tinta permanente + Cola para EVA + Fita de tecido xadrez

Como preparar:
Com a tinta acrílica cor de laranja, pinte a base da garrafa e a parte de cima, delimitada pelo próprio formato. Pinte de verde a parte de baixo. Espere secar e, com a tinta laranja, faça bolinhas na barriga da borboleta. Deixe secar. Aplique uma demão de verniz acrílico em toda a peça para preservar a pintura. Corte o espaguete em 4 partes de 15 cm (para os pés) e duas partes de 10 cm (para os olhos). Para fixá-los, faça um corte de 1 cm com o estilete nos respectivos lugares e enfie a pontinha deixando 2 cm da extremidade dentro da garrafa.

Pés: são tampinhas pintadas com tinta acrílica preta que você fixa na extremidade do espaguete com um nó por baixo.

Asas: corte o EVA listrado de acordo com o formato sugerido. Para fixá-las, faça um corte com o estilete na lateral da garrafa, proporcional ao tamanho da “asa” que será introduzida. Encaixe o EVA na abertura, de maneira que fique 2 cm dentro da garrafa. Boca: corte um EVA branco no formato da boca e faça as listras com canetinha preta para fazer os dentes. Aplique na garrafa com cola para EVA.

Olhos: com a tinta acrílica azul, pinte uma bola grande. Com a tinta acrílica preta, faça uma bolinha menor sobre a bola azul. Para pendurar a peça no teto, utilize uma espiral de caderno. Com o estilete, faça um corte mínimo na parte de cima do “corpo da borboleta” e introduza o arame deixando uma voltinha dentro da garrafa. Arremate a peça com um laço de fita de tecido.
 
Dulla
Chame as crianças para criar cofrinhos econômicos e ensine-os desde agora como guardar dinheiro
Foto: Dulla

Cofre econômico

O porquinho ganha forma com uma garrafa de 600 ml revestida com EVA colorido. Um pequeno corte na estrutura da garrafa serve de passagem para as moedas. Depois de cheio, você não precisa quebrá-lo para retirar o dinheiro - é só abrir a tampa!

Material: 1 garrafa de 300 ml + EVA listrado de 2,5 mm + EVA amarelo de 2,5 mm + Tinta relevo amarela + Cola para EVA + 2 olhos móveis nº 10 + 4 contas grandes de plástico

Como preparar:Corpo: com cola própria para EVA, encape a garrafa com o EVA listrado, de maneira que a parte de cima e a base da garrafa fiquem descobertas.

Orelha: corte o EVA amarelo no formato sugerido, fazendo uma dobra na extremidade oval e com a cola aplique rente às listras. Olhos: com a cola, fixe os olhos móveis e utilizando a tinta relevo faça os cílios.

Rabinho: corte uma tirinha de EVA listrado, enrole em um lápis e esquente com secador de cabelo bem quente para modelar. Retire o lápis e o EVA estará com o formato de espiral. Com a cola, aplique na base da garrafa, de maneira que fique empinado para cima.

Pés: com a cola, fixe as quatro contas de plástico na parte de baixo da garrafa.

Focinho: corte um círculo de EVA amarelo com o mesmo tamanho do diâmetro da tampinha e, sobre ele, aplique duas bolinhas menores de EVA preto. Cole sobre a tampa da garrafa com a cola. Abertura para as moedas: com o estilete, faça uma abertura na parte de cima da garrafa, entre as orelhas e o rabinho. Por ser a maior, uma moeda de R$ 1 real pode servir de medida.
Dulla
Esse joguinho é divertido e fácil de brincar. As crianças vão adorar
Foto: Dulla

Jogo da velha e caixa-sacolas

A brincadeira vai ficar muito mais divertida com este jogo personalizado, que pode ser levado pra lá e pra cá dentro de uma bolsinha. As peças são joaninhas e flores desenhadas sobre círculos de EVA e aplicadas em tampinhas. O tabuleiro nasce de um retalho de feltro pintado com tinta relevo. A caixa-sacola é montada a partir da base da garrafa PET. Muito lindo!

Material:
1 garrafa PET + Espaguete transparente (3 mm) de 15 cm + Caneta de tinta permanente + Tinta relevo nas cores: preto, vermelho, amarelo e laranja + Tesoura + Estilete + EVA nas cores vermelho e verde + Feltro amarelo + Fio preto encerado + 5 tampinhas vermelhas + 5 tampinhas verdes + Cola para EVA

Como preparar:Caixa-sacola: Com o estilete, corte a garrafa na horizontal 2 cm abaixo do rótulo. Com uma tesoura, faça picotes na vertical, nos gomos da garrafa (um sim, um não). O resultado serão cinco “pétalas”. Com a tesoura, arredonde a ponta das pétalas. Faça pontinhos com a tinta relevo, contornando todas as pétalas. A parte “solta” dos gomos decore com pintinhas feitas com a tinta relevo. Para produzir a alça, faça dois furos, fixe o espaguete e dê um nó por dentro. Na base da alça, amarre fitas de cetim formando um laço. Personalize a caixa-sacola colando uma flor e uma joaninha (veja como fazer abaixo) e escreva o nome do jogo com tinta relevo preta.

Peças do jogo: Corte 10 círculos de EVA branco com o mesmo diâmetro das tampinhas. Com o EVA vermelho, corte 5 círculos (com o mesmo diâmetro das tampinhas) e, com a caneta de tinta permanente, desenhe uma joaninha. Para fazer as antenas, corte 3 cm de fio preto encerado e com a cola própria cole-as entre o EVA e a superfície das tampinhas vermelhas. Com o EVA verde, corte 5 círculos (com o mesmo diâmetro das tampinhas) e com a caneta de tinta permanente, desenhe uma flor. Utilizando as tintas relevo, pinte as pétalas de vermelho e o miolo de amarelo. Com a cola, fixe as flores sobre as tampinhas verdes.

Tabuleiro: Corte o feltro formando um quadrado de 15 x 15 cm. Desenhe os nove quadrados de 5 x 5 cm com tinta relevo vermelha, fazendo pontinhos. 
Dulla
Use a sua criatividade e invente outros bichinhos para fazer este porta-lápis
Foto: Dulla

Porta-lápis divertido


Aqui, uma garrafa pequena vira porta-lápis fácil. No EVA você modela o sapo com boca vazada. Uma coroa de EVA estampado dá o charme á tampinha. Ah! E você pode criar outros bichos, como girafa, urso, cachorro...

Material: 1 garrafa PET + EVA verde + EVA vermelho + Tesoura ou estilete + Cola própria para EVA + Caneta de tinta permanente + Dois olhos móveis

Como preparar:
Faça o desenho do sapo no EVA verde, que deve ter tamanho proporcional a altura da garrafa, de acordo com a foto, e corte com a tesoura. Não esqueça de deixar a boca vazada. Ainda com a tesoura ou com o auxílio de um estilete, faça um recorte na garrafa com as mesmas medidas da boca do sapo.

No EVA vermelho, produza um recorte com o formato da língua. Com a caneta de tinta permanente, faça os traços e pontos que contornam o “corpo” do sapo, a língua, a abertura da boca e faça também as duas bolinhas do nariz. Com a cola própria para EVA, aplique a língua no centro, embaixo da “boca” do sapo. Com a cola, fixe o recorte de EVA na garrafa, centralizando a boca do bicho com a abertura feita no frasco.

BRINQUEDOS ECOLÓGICOS



Pais ecologicamente corretos, a PIX achou os brinquedos ideiais pro seu pimpolho brincar
e ainda exercitar a imaginação e criatividade.
São casas de bonecas, foguetes, tubarões e até castelos!
Tudo feito com papelão e super bonitinho.
Outro detalhe, como o papelão vem sem estamapa alguma,
seu barrigudinho ou barrigudinha pode desenhar nele o que quiser!

CABANA INDÍGENA
brinquedo_papelao_cabana
CASINHA DE BONECA
brinquedo_papelao_casinha
CASINHA TIPO AS DA TURMA DA MÔNICA (PRA QUEM É DOS ANOS 80)
brinquedo_papelao_casinha2
CASTELO
brinquedo_papelao_castelo
TELEVISÃO (PROS MINI JORNALISTAS) E TUBARÃO
brinquedo_papelao_tubarao

Escultura de papelão...

 

 


Cada vez mais a gente tá vendo o papelão ser usado de maneira criativa e inovadora, né?
Esta história de aquecimento global e reciclagem parece mesmo ter mexido com o lado inovador do povo, e de criação!

esculturas_papelao
esculturas_papelao2
esculturas_papelao3
esculturas_papelao4
esculturas_papelao5
esculturas_papelao6
esculturas_papelao7
esculturas_papelao8

ovelhinha pet e eva

Cortina com garrafa pet













Vaso com flores com garrafas pet o miolinho da flor e feito com bolinha de isopor

jardineira de pet

enfeite de natal de garrafa pet

Como fazer uma estante de papelão


Com materiais facilmente recicláveis e mais ecológicos do que os móveis de madeira, reaproveitar caixas de papelão para confeccionar estantes, mesas, cadeiras, é dar um destino mais digno para as árvores derrubadas para se obter as tais caixas.
É possível decorar a casa inteira com este material, com tantos móveis disponíveis no mercado, que levam o papelão como a matéria-prima. E não é difícil montá-los. A única ferramenta necessária são suas mãos e um pouco de criatividade.
E, para quem quiser se aventurar a fazer os seus próprios móveis de papelão, o artista plástica Abilio Machado dá a dica: com uma caixa de TV e usando as tampas como divisórias, é facil criar uma estante do seu jeitinho e na medida certa para tudo. “Há muito tempo que faço móveis de papelão; é fácil, barato, e ecológico… e mais, sem grana dentro de casa!”. 
E não é que se torna uma brincadeira divertida mesmo?
 

Para fazer uma estante de papelão, não há grandes mistérios:
  • Peguei uma caixa de papelão grande e recortei fora as tampas.
  • Encaixei os pedaços dentro e fiz as prateleiras horizontais, colando primeiro com fita crepe para fixar no lugar.
  • Depois, com pedaços menores de papelão, fiz as divisões verticais.
  • Com tudo fixado no lugar, passo fita gomada em toda ela, reforçando bem as junções.
  • Em seguida, dou um banho de cola branca.
  • Aí, é só pintar a gosto com tinta latéx.
Depois de muito tempo fazendo móveis de papelão, descobri que os franceses fazem muito disso. 
E a dica é na sua busca procurar por : “meubles en carton” você encontrará uma infinidade de móveis confeccionados com papelão. 

Os móveis de papelão são muito resistentes e, se bem cuidados, podem ter uma vida útil bem longa. Basta evitar que o móvel fique exposto ao tempo ou em contato com umidade. Com baixo custo, originalidade, qualidade e muita diversão, é possível ser ecologicamente correto também na hora de decorar nossos próprios espaços!

Experimentem dar uma olhada nos sites abaixo e inspirem-se:

Imagens: